22/08/2014
Lula, Marina e Aquiles
Do alto da experiência de quem participou, direta ou indiretamente, de todas as eleições desde a redemocratização, Lula disse ao PT que é preciso temer Marina, mais difícil de ser derrotada. O temor se justifica. Se a fórmula para a briga contra o PSDB já está mais do que testada - comparação entre governos de FH e do PT -, é penoso ao petismo encontrar um caminho pra confrontar a ex-companheira. Falar de inexperiência não cola, nem chamá-la de elite ou associá-la ao neoliberalismo. O desafio do PT é descobrir o calcanhar de Aquiles de Marina.

Postado por Equipe do Blog às 11:56
[14 Comentários]  [Envie esta mensagem]
meu perfil
 Ex-deputado, 60 anos, advogado, cantor amador e motociclista  
Na Prateleira
histórico
links
- Correio Braziliense
- Cristiane Brasil
- Época
- Folha de São Paulo
- O Estado de São Paulo
- O Globo
- Valor Econômico
- Veja
busca
CONTATO
- Fale Conosco
Acessos
000000004601989
Siga-me no twitter
Siga-me
Dê uma nota para este blog

Indique este Blog
WebMaster
WebDesigner
Teresa Ferrão
22/08/2014
Perderam o discurso

Lula sabe o que fala quando alerta os companheiros para a dificuldade que será para o PT uma disputa contra Marina Silva, que inclui "desconstruir" sua imagem. Falar sobre inexperiência administrativa? Não dá, afinal, Lula, quando eleito presidente, só havia sido deputado federal, assim como Dilma não havia participado de qualquer eleição até 2010, enquanto Marina, ao contrário, foi vereadora, deputada estadual pelo Acre, senadora da República e ministra. Falar de posições políticas de uma mulher que durante mais de 20 anos esteve no PT? Complicado. Falar de Eduardo Campos, depois da comoção por sua morte? Esquece. Dizer que Marina é uma "aventura", quando 75% dos brasileiros pedem mudanças? Não há caminho fácil para este debate. Por isso, o PT torce para que seu maior adversário, o PSDB, faça o serviço sujo e parta para a guerra contra Marina Silva. Será que Aécio vai cair nessa?


Postado por Equipe do Blog às 12:01
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
22/08/2014
Eleitor, esse desinteressado

Em parceria com o MDA, a CNT fez nova sondagem presidencial, mas os cenários acabaram comprometidos pelo fato de os entrevistados terem sido questionados sobre uma chapa ainda com Eduardo Campos. Mas a pesquisa não foi de todo descartada devido a alguns detalhes. Como o que mostra a dificuldade da classe política em atrair a atenção dos eleitores. Apesar de decorridos 46 dias desde o início oficial da campanha, 27,4% declararam à CNT/MDA não possuir qualquer interesse na eleição. Somado aos 30,9% que dizem ter pouco interesse, 58,3 dos brasileiros não estão atentos aos candidatos e suas propostas. Dos eleitores restantes, apenas 14,9% afirmaram ter muito interesse na eleição, enquanto outros 26,5% afirmam ter interesse mediano. Se as próximas pesquisas mostrarem que nem a propaganda na TV é capaz de mexer com o eleitor, talvez só Freud para explicar a falta de sintonia entre a política e o povo.


Postado por Equipe do Blog às 11:43
[1 Comentários] [Envie esta mensagem]
22/08/2014
Tsunami versus chuvas de verão

Ainda que bem elaborados, os programas de Dilma são um convite ao espectador que não é assinante de canal de TV para que desligue o aparelho. Motivo? São longos demais (11min24s), triunfalistas, e até por isso, cansativos. Em tempo de Youtube, whatsApp, Twitter, manter a atenção do telespectador por um longo tempo pra louvar um candidato apenas, qualquer que seja ele, sai caro e não garante o sucesso da empreitada. Como tem acontecido nos últimas eleições, a dinâmica do voto será dada pelos "spots", geralmente de 30 segundos, exibidos livremente dentro da grade de programação das emissoras. Será por meio deles que o candidato vai "surpreender" o eleitor, atacar adversários, responder aos ataques, enfim, dar ritmo à eleição. Mas também nessa modalidade de programa, Dilma leva vantagem sobre os demais. Das 540 inserções de 30 segundos - que podem ser fragmentadas em duas de 15 ou agregadas em uma de um minuto -, a petista tem 246, contra 99 de Aécio e 45 de Marina. É um tsunami contra chuvas de verão.


Postado por Equipe do Blog às 11:18
[1 Comentários] [Envie esta mensagem]
21/08/2014
A falta que Eduardo faz

Mal o nome de Marina Silva foi oficializado como candidata a presidente no lugar de Eduardo Campos, e já explode a primeira crise na campanha do PSB. Ao chegar à sede do partido para uma reunião com partidos da coligação, na manhã de hoje, o coordenador-geral da campanha, Carlos Siqueira, surpreendeu a todos ao anunciar seu desligamento da função. Pelas explicações oficiais, Siqueira teria saído porque se sentiu desprestigiado ao não ser anunciado por Marina como seu coordenador de campanha. A turma do "deixa disso" já entrou em campo pra tentar convencê-lo a retornar ao trabalho, mas fica o sentimento de que essa é a primeira de muitas crises, dado o temperamento difícil de Marina Silva e seus seguidores, os "sonháticos". A campanha promete ser "animada" nas hostes socialistas.


Postado por Equipe do Blog às 02:28
[1 Comentários] [Envie esta mensagem]
21/08/2014
Muito mais do mesmo

O Banco Central voltou a afrouxar o recolhimento do compulsório dos bancos com o objetivo de direcionar R$ 10 bilhões para o crédito ao consumidor. É a já desgastada fórmula de estimular a expansão da economia por meio do consumo. Em outros momentos, como quando estourou a crise, a medida funcionou, e em 2012/2013, principalmente porque os juros estavam em patamares baixos. Mas com a taxa básica de juros, a Selic, nas alturas, e o aumento da inadimplência, os bancos não estão reduzindo as taxas dos empréstimos, razão pela qual tomá-los agora seria um péssimo negócio. A medida, portanto, deve ser inócua pra impedir o derretimento já progressivo do PIB de 2014. Só a liberação de muito dinheiro retido no caixa do BC (contados em trilhões) poderia chacoalhar o mercado de crédito. Acontece que, se a base monetária for expandida em excesso, vamos mexer com quem já não está nem um pouco quieto: o dragão da inflação.


Postado por Equipe do Blog às 12:26
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
21/08/2014
A encruzilhada do TCU

Ministros do TCU adiaram novamente o julgamento sobre o bloqueio de bens da presidente da Petrobras, Graça Foster, em razão de prejuízos causados pela controvertida compra da refinaria Pasadena. O relator, José Jorge, que defende o bloqueio, foi pego de surpresa com a divulgação de que ela e o ex-diretor Nestor Cerveró, tão logo estourou o escândalo, transferiram imóveis a parentes. O caso Petrobras no TCU virou uma novela que a corte não sabe bem como vai terminar. Sob pressão do Planalto, à medida que o tempo passa o Tribunal fica mais exposto.


Postado por Equipe do Blog às 11:56
[28 Comentários] [Envie esta mensagem]
21/08/2014
Cartas na mesa

Marina Silva tomou as rédeas da campanha do PSB (seu grupo vai coordenar as ações políticas e comandar o caixa, em parceria com os socialistas) e mandou sinais ao mercado de que vai fazer o jogo da estabilidade com metas de inflação, câmbio flutuante, responsabilidade fiscal e BC independente; na política, manteve a coerência, um ativo crucial no discurso da "nova política", reafirmando que não participará de palanques que não chancelou, como os de Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR). Embora o tempo de TV da coligação (PSB, PPS, PHS, PRP e PPL) seja pequeno (2min03), seu potencial eleitoral não é desprezível - 20% nas pesquisas, 11% de rejeição. Os pontos fracos são a pouca experiência administrativa e a negativa em negociar com setores importantes da economia, principalmente o agronegócio. Os "rejeitados" ficarão a cargo do vice da chapa, o socialista Beto Albuquerque, tido como o "algodão entre cristais" nas delicadas relações políticas que envolvem não só a campanha, mas as singularidades da candidata. Agora é pra valer. Marina impôs seus limites e vai em busca do amplo eleitorado que clama por mudança. Se a estratégia vai dar certo, são outros 500.


Postado por Equipe do Blog às 11:37
[2 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Problemas técnicos

Pedimos desculpas aos leitores deste blog, que ficou fora do ar nos últimos dias por problemas técnicos. Felizmente já conseguimos superar todas as adversidades. Em nome de Roberto Jefferson, agradecemos a todos pela compreensão e paciência.


Postado por Equipe do Blog às 01:51
[1 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Direção dos ventos

Embora Marina Silva não tenha tirado votos nem de Dilma nem de Aécio, segundo o Datafolha nunca foi tão certa a realização do 2º turno (hoje com vitória de Marina sobre Dilma). Com o início do horário eleitoral na TV, porém, abriu-se a perspectiva pra que a petista continue com avaliação crescente; caso não, rearranjos eleitorais trazidos pelos ventos de última hora podem surpreendê-la, jogando apoiadores nos braços dos concorrentes. Ventos esses que podem soprar em direção contrária à petista, mas também contra os demais concorrentes. Haja coração!


Postado por Equipe do Blog às 01:30
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Cabeça a cabeça

Os marqueteiros das campanhas de Dilma Rousseff e Aécio Neves se utilizaram da mesma sacada na estreia dos programas no horário eleitoral. Tanto a propaganda de Aécio como a de Dilma fizeram sua mensagem (no caso do tucano, via discurso, e no da petista, por meio da música oficial) circular por todo o País, em rádios, televisões, celulares, tocadores de MP3 e o que mais é utilizado pelas pessoas para inserção na grande teia da conectividade. O efeito foi bem produzido pelas duas equipes, mas que ficou muito parecido, isso ficou. Será que tem espiões nos comitês de PT e PSDB?


Postado por Equipe do Blog às 01:30
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Petrobras na mira

Hoje tem reunião da CPI Mista da Petrobras, que vai ouvir personagens secundários do caso da compra da refinaria de Pasadena, no Texas. Mas a expectativa maior sobre as investigações está sendo gerada pelo Tribunal de Contas da União, que irá decidir se determina o bloqueio dos bens da presidente da estatal, Maria das Graças Foster, como fez com os demais diretores e ex-diretores da estatal. O ministro relator, José Jorge, já se manifestou pela inclusão de Graça e também do ex-diretor Jorge Zelada na lista dos supostos responsáveis pelo prejuízo causado à Petrobras. Caso venha a ocorrer o bloqueio patrimonial da presidente da estatal, a repercussão negativa da decisão não irá impactar apenas as ações da empresa na bolsa de valores, mas na campanha eleitoral.


Postado por Equipe do Blog às 01:29
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Dragão ainda não está manso

A presidente Dilma não estava errada quando disse, na entrevista que deu ao "JN" na noite da última segunda-feira, que a inflação estava baixando e chegando próxima a zero na diferença entre um mês e outro. Pois a prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), divulgada hoje pelo IBGE, ficou em 0,14% em agosto. A taxa é inferior às observadas em julho deste ano (0,17%) e em agosto do ano passado (0,16%). Dilma pode até comemorar o fato de o dragão estar baixando a bola, mas ainda não dá para pedir, como fez no "JN", que não se olhe a inflação pelo retrovisor. Afinal, segundo os dados do IBGE, o IPCA acumula 4,32% no ano e 6,49% em 12 meses. Não estourou o teto da meta, mas é uma inflação alta. A batalha está longe de ser vencida.


Postado por Equipe do Blog às 01:24
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
E desce mais...

Esta foi a 12ª semana consecutiva em que os analistas e consultores do mercado financeiro rebaixam as perspectivas para a expansão da economia brasileira em 2014. No boletim Focus, o PIB voltou a encolher, agora de 0,81% para 0,79%. Há um mês, as estimativas eram de 0,97%. As sucessivas quedas já vêm chamando a atenção da imprensa internacional. Na semana passada, o site do "Financial Times" destacou que o movimento contínuo era semelhante à "dança da cordinha", referência à antiga música do grupo "É o Tchan" na qual a cada volta se descia mais um pouco a corda. "Desce mais, desce mais um pouquinho; desce mais, desce devagarinho...", diz a música. Pois não é que parece mesmo com nosso Pibinho?


Postado por Equipe do Blog às 01:22
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]
20/08/2014
Pisando em ovos

Merval Pereira ("Globo") alerta para possibilidade de Marina atrair o voto útil, caso seja capaz de derrotar Dilma num 2º turno. Aécio também poderia se beneficiar dele, caso emplaque ideia de que Marina não possui experiência pra administrar país complexo como o Brasil. Ataques na direção de Marina, porém, precisam ser feitos com cautela pelos tucanos, pois dela vão precisar pra chegar a um provável 2º turno. Sem esquecer que o PSB ainda tem pontes com o PT, um aliado histórico. Aécio poderia contar com apoio do PSB se Campos vivo estivesse.


Postado por Equipe do Blog às 01:14
[19 Comentários] [Envie esta mensagem]